quinta-feira, 20 de novembro de 2008

PowerDVD 8: para além
do Windows Media Player

box_pdvd_8_Ultra_eng-l

Para quê adquirir um leitor de áudio e vídeo quando o Windows já inclui o (de resto, excelente) Windows Media Player (WMP)? Boa pergunta.

A resposta depende de duas coisas: qual o sistema operativo usado e, sobretudo, como usamos o computador.

A questão referente ao sistema operativo prende-se com o seguinte: no Windows XP, o Windows Media Player (quer a versão original incluída com o XP, que é a 9, quer a mais recente, que é a 11) não é capaz de reproduzir DVDs. Para que isso aconteça, é preciso instalar codecs específicos para descodificação de vídeo no formato MPEG2.

Até há uns anos, esses codecs custavam dinheiro, pelo que a aquisição de um software comercial de leitura de vídeo resolvia o problema: os codecs instalados por esse leitor funcionavam também no WMP. Contudo, nos tempos que correm é fácil encontrar pacotes de codecs grátis (embora a sua legalidade não seja clara…) que suportam a leitura de DVD Vídeo.

Por outro lado, para quem use o Windows Vista, esta preocupação nem sequer se coloca, pois o Vista (Home Premium e Ultimate) suporta nativamente a reprodução de DVD Vídeo (e o Windows 7 irá ainda mais longe neste capítulo).

Já a leitura de discos de alta definição Blu-ray volta a colocar problemas de leitura: nem o Windows suporta nativamente a reprodução de Blu-ray.

Contudo, mesmo resolvida a questão das limitações da leitura do WMP, sobretudo no que diz respeito a DVD, coloca-se o problema da utilização do computador. Ora para quem pretende usar o PC como Media Center, o WMP volta a mostrar limitações. Há problemas com suporte de interfaces HDMI, limitações na descodificação de áudio multicanal, etc. Além disso, nem todos os leitores de vídeo por software nasceram iguais – há diferenças de qualidade na reprodução (velocidade, qualidade de imagem…) que têm a ver com o aproveitamento (ou não) das capacidades de hardware oferecidas pelos modernos processadores gráficos, sobretudo os fabricados pela nVidia e pela AMD/ATi.

O poder do PowerDVD

Remix-Effects-AddText-UI

O PowerDVD, da Cyberlink, é um dos mais antigos leitores multimédia para PC e, na sua mais recente versão 8, continua a ser dos melhores.

O PowerDVD 8 é uma actualização necessária pelo suporte para leitores Blu-ray. O software permite não apenas a reprodução do formato de vídeo de alta definição deste novo suporte, como também dos formatos de áudio multicanal correspondentes.

No entanto, o abandono pela Toshiba do HD-DVD, formato concorrente do Blu-ray ditou também o abandono pela Cyberlink deste formato de leitura no PowerDVD: a versão anterior, a 7, foi a última com suporte para leitura de HD-DVD, pelo que se possui discos neste formato e pretende a sua reprodução, deverá procurar a versão anterior e não a nova versão 8 (de qualquer forma, ambas podem ser mantidas no PC em simultâneo sem problemas).

Uma comparação lado-a-lado da qualidade de imagem do WMP11 e do PowerDVD 8 no Windows Vista demonstra que há vantagens em adquirir um produto comercial. O programa da Cyberlink tem menos problemas com imagens em movimento, onde o suporte para o GPU da nVidia da minha placa gráfica (uma Geforce 8600 GTS) faz a diferença.

Mas esta edição traz mais algumas coisas interessantes, como é o caso da possibilidade de reeditar o filme a reproduzir, alterando a ordem das cenas e até acrescentando legendas e balões!

O software é ideal para quem pretenda montar um Media Center com uma unidade de Blu-ray e dele tirar o maior partido possível, pois as suas funcionalidades na descodificação de vídeo e de áudio são comparáveis às de um (bom) receptor A/V de alta fidelidade com um preço de centenas de euros – por apenas 35 euros.

A versão de avaliação está disponível aqui.

Uma comparação entre as diversas edição do PowerDVD 8 e entre este e a versão 7 podem ser encontradas aqui.

Análises alternativas ao produto podem ser encontradas aqui, aqui e aqui.

Sem comentários: