sábado, 19 de março de 2011

Sincronizar computadores com Windows Live Mesh

Durante muito tempo, usei o Windows Mesh em versão beta para sincronizar a informação entre vários computadores.
O serviço estava em beta restrita, pelo que não podia ser usado por toda a gente. Mas agora faz parte do pacote de aplicações gratuitas Windows Live pelo que está disponível para toda a gente.
Além disso, é bastante mais fácil de configurar e de usar do que o que acontecia na versão beta (por alguma coisa a versão anterior era beta...).
A configuração é muito simples. Uma vez instalado (procure o ícone no grupo de programas Windows Live), só tem de decidir que pastas do seu PC pretende sincronizar, podendo também optar por sincronizar Favoritos do IE (que passarão a ser os mesmos entre todos os computadores sincronizados). Outras opções incluem a sinronização de dicionários personalizados, templates e assinaturas de email para quem tem instalado o pacote Microsoft Office.
Mesmo para quem não possui mais do que um PC, o Live Mesh é muito útil, porque sincroniza a informação para a "nuvem" (o site http://mesh.live.com) pelo que lhe dará acesso a toda a informação a partir de um browser em qualquer PC..
Pessoalmente, uso o Live Mesh apenas para sincronizar a Área de Trabalho dos meus Packard Bell, no escritório (PB oneTwo AiO) e no portátil (PB dot m/u), que é onde mantenho os documentos de trabalho até estarem prontos. Isto permite estar a trabalhar num documento num PC, deixá-lo a meio e retomar o trabalho noutra máquina sabendo que tenho sempre a última versão sincronizada.
Pelo menos para já, a Microsoft está a oferecer 5 GB de armazenamento gratuito com este serviço, o que é mais do dobro do que o popular Dropbox (oferece apenas 2 GB gratuitos), outro serviço de sincronização de informação entre computadores. Contudo, ao contrário do Dropbox, não é ainda possível aumentar o espaço de armazenamento, mesmo pagando.

2 comentários:

Dissidente disse...

Outro problema é que o Live Mesh infelizmente está restrito a sistemas Windows, ao passo que a Dropbox corre em Windows, OS X, Linux, iPhone, etc.

Outra vantagem da Dropbox é que permite que a área pública seja acedida de forma directa, possibilitanto por exemplo o linking de imagens ou alojamento de sites estáticos a custo 0, o que não acontece com o Live Mesh.

AEM disse...

Pesoalmente, uso ambos. Mas para sincronizar dois ou mais PCs, penso que o Mesh é superior - sobretudo, é mais simples de usar. Além disso tem ainda outra funcionalidade que não referi (porque não uso...) qu eé a de permitir o acesso remoto a máquinas da "mesh" que estejam ligadas.
O mais estranho é que a beta do Mesh suportava Macintosh e agora, na versão final, não suporta. Talvez venha ainda a suportar, não sei...